{Resenha} do livro Eu Nunca

Gente .....
Hoje eu vou fazer, pela primeira vez, uma resenha e o livro escolhido foi Eu Nunca. Bom.... Eu realmente me surpreendi muito com o livro que se tornou um dos meus favoritos. Espero que gostem.
Bjs da M.
Livro: Eu nunca
Editora: Independente
Autores: Josy Stoque e Milla Wander
Sinopse: 
"O que você faria se dividisse um prêmio de trezentos milhões de reais com um desconhecido?”Pauline de Freitas Dias, uma mulher bem-resolvida que ama viver a liberdade plena, sabe exatamente o que fazer! Ela já tinha em mente o itinerário da viagem mais incrível de sua vida antes mesmo de apostar. Sua empolgação ao falar dos destinos mais inusitados da lista contagia o tímido Joseph Ayres, com quem literalmente esbarra na fila da lotérica. Ele é convencido a jogar pela tagarelice sem fim da doidinha, mesmo que relute devido aos seus princípios rígidos. O destino faz com que marquem os mesmos números e ganhem uma bolada inédita! Animada com a sorte dupla, Pauline convida Joseph para acompanhá-la em uma aventura pelos lugares mais exóticos do país. De cara, percebem o quanto são diferentes: ela é uma paulistana completamente liberal e ele é um mineirinho virgem que acabou de ser enxotado pela noiva. Disposta a fazer Joseph se permitir de verdade, Pauline estipula três regrinhas antes de iniciarem a viagem: 1) nada de usar o celular, 2) experimentar tudo o que puderem e 3) não se apaixonar. Ambos têm muito dinheiro para gastar e nada a perder, mas não podem prever que essa experiência única se tornará a mais louca de suas vidas, principalmente quando começam a quebrar as regras, uma por uma.

O que eu achei .....

PERFEITO! Amei esse livro do primeiro capitulo ao último. Adorei o jeito que os personagens se conhecem e se conectar tão facilmente, principalmente por terem ideologias diferentes. Esse casal me deu uma nova ideia do que seria o amor verdadeiro.
Pauline e Joseph são ganhadores da loteria e mesmo não se conhecendo se juntam para viajar por todo o Brasil. Durante essa viagem eles passam por diversas aventuras que acabam despertando sensações desconhecidas e até mesmo esquecidas por ambos. Pauline, uma mulher liberal, finalmente entende o verdadeiro significado do lar, enquanto Joseph, um homem religioso, se deixa apreciar o que a vida tem de melhor.
Ao final do livro eu fiquei refletindo como pessoas diferentes reações a emoções tão parecidas e como a conexão entre essas pessoas podem se tornar tão forte. Realmente, esse livro além de ter cenas eróticas, trás consigo uma bagagem de informações que passam da relação interpessoal e até as mil maravilhas que o nosso país esconde.